WE LOVE A MEN IN A UNIFORM… Não é que realmente isto reflicta a regra, há mulheres para quem um homem de farda não passa disso mesmo, de um homem de farda e há ainda outras que preferem “outras fardas”. Hoje  falamos sobre isso e levantamos questões, sempre na primeira pessoa, porque AQUI [clicar para […]

FEMINILIDADE E QUOTIDIANO Quando éramos mais jovens, com o sangue na guelra e energia para dar e vender tínhamos muito mais ímpeto de sedução, de feminilidade, sem lá… de sex-appeal no fundo. Depois, com o passar dos anos as nossas hormonas atraiçoam-nos e o nosso subconsciente habitua-se. Depois vem o trabalho, a família e o […]

Caras Ultras, nem sei que vos diga! Ando a aperceber-me de uma forma mais ou menos feroz da quantidade de narcisistas que coleccionei à minha volta. Ingenuamente e antes de me aperceber que padeciam [sim… do verbo padecer, porque o narcisismo parece-me uma espécie de doença grave, pelo menos aos meus olhos desarmados] de algo […]

Pois bem, tão eterna quanto a raça humana, o esforço de entendimento entre homens e senhoras já não é assunto novo. E é desse assunto que vos quero falar. Da forma mais clara e objectiva possível, porém, apelo a alguma compreensão da vossa parte visto que por mais objectiva que tente eu ser, este assunto […]

As mulheres estão diferentes. Mais confiantes, mais adaptadas, mais sensuais, mais atarefadas e sobretudo… mais importantes no “todo” da sociedade. As mulheres deram uma volta à sua condição e a tudo o que esta representava no passado e isso constata-se em tudo à nossa volta, em todas as profissões e em todos os âmbitos. Eu […]

Disse Marylin Monroe: “Se deres os sapatos certos a uma mulher, ela conseguirá conquistar o mundo”. E se ela disse nós não duvidamos, até porque sabemos que é verdade, e sendo verdade a única coisa que temos de conseguir é acertar no par de sapatos [coisa que pode ser mais difícil que qualquer batalha séria]! […]

Quando uma relação termina, isso pode dever-se a inúmeras coisas. Um dos fenómenos que mais observo são relações que morrem tal e qual como as plantas: por falta de atenção e competência. O mundo de hoje, especialmente num país afogado na crise como é o nosso, é caótico conciliar todas as frentes a que somos […]