MESAS DE VERÃO

REFEIÇÕES AO SOL

Felizmente para nós, Portugal é um país onde o sol nos abençoa a maioria dos meses. Na primavera e verão não poderá haver melhores momentos do que aqueles que passamos em família ou com os amigos em volta de uma mesa.

Nos dias radiosos de sol, aproveitamos para dar uso o jardim da casa, mas não obrigatório ter um espaço exterior amplo para se poder pôr a mesa ao ar livre e chamar os amigos.

Para deixar o verão entrar, a luz e as boas energias basta abrir as cortinas ao máximo e deixar que o sol entre livremente pelas vidraças. Abrir as janelas ou varandas também proporciona instantaneamente um ar desempoeirado e renova o ar à casa. Permita-se a ser beijada pela brisa, sentada no seu sofá, rodeada dos que mais gosta.

Na hora de pôr a mesa, dado que é verão e os nossos espíritos se tornam mais leves e permissivos, também pode dar asas à imaginação e criar com as cores bonitas das flores, as corres garridas dos frutos e vegetais, os padrões cândidos para os têxteis ou dos aromas subtis como a alfazema ou a lavanda, por exemplo. Torne as coisas mais informais.

Não importa muito que tipo de habitação tem. Trata-se de aproveitar o seu jardim, quintal, varanda ou espaço em frente a uma janela para reunir todos e passar uma óptima tarde.

Pode reciclar objectos comuns e transformá-los em jarras ou porta guardanapos… a imaginação é o limite num conjunto que por certo será único. Quanto ao mobiliário, recomendamos as mil e uma ideias do IKEA [clicar para ver], ou se tiver muito jeito para a bricolage pode até fazer o seu próprio mobiliário em paletes ou outros materiais. E tudo isto da criação é também válido para festas ou lanchinhos para os mais pequenos. Já imaginaram a diversão? 🙂

Conselho nosso: se tiver apenas uma pequena varanda num apartamento, veja o lado positivo! Pode muito bem fazer um jantar romântico a dois, tirando proveito da vista sobre as luzes da cidade. <3

— por Equipa UltraFeminina

equipa.ultrafeminina@gmail.com


ultrafeminina.pt é mais que um endereço, é o nome da sua nova amiga, da sua nova atitude e do seu novo refugio secreto. Porque ser feminina não basta... é preciso ser ultra feminina!