LIXO… TALVEZ SIM, MAS NÃO PARA UMA DONA DE CASA ORGANIZADA

LIXO… TALVEZ SIM, MAS NÃO PARA UMA DONA DE CASA ORGANIZADA

Hoje a ementa foi arroz de peixe. Não era um arroz de peixe “à séria”, no fundo era uma refeição de dia-a-dia. Por isso, coloquei apenas algumas postas de pescada, solha e meia de dúzia de camarões que tinha no congelador.
Depois de escolhidos os peixes e os camarões descascados, resta-nos o tal desperdício! Pele, espinhos, cabeças de camarão, um bocado de cebola que no fundo nem nos vai servir para mais nada.
Eu gosto da comida bem-feita, apaladada e no ponto certo, mas claro, o tempo pode não ser o melhor amigo de uma dona de casa do século XXI.

Ter um bom sistema de congelação em casa é sem dúvida uma ajuda poderosa tanto na gestão do tempo, como na gestão das finanças de uma família.

Apostar numa arca congeladora tendo em conta o número de membros do agregado e o tempo disponível que tem para fazer compras diárias, sendo ainda que se tiver onde guardar, pode aproveitar algumas promoções de produtos que normalmente estariam a um preço diferente.

20141004_135110

Bem, mas voltando ao assunto, todos os desperdícios do meu arroz de peixe ainda ganharão outra vida, antes de inevitavelmente serem deitados fora. Com eles irei fazer um caldo de peixe bem saboroso que vou congelar numa caixa plástica e que mais tarde irá dar uma óptima base para massada de peixe, sopas de peixe, arroz ou até caldeirada.

Vamos precisar:

1- Dos referidos “desperdícios” dos peixes e dos mariscos (camarão);
2- Do que restou do meu molho de salsa e de coentros + o que sobrou do pimento (verde e vermelho);
3- Do que restou da cebola do meu refogado – não usei toda no arroz;
4- 2 dentes de alho;
5- 1 cenoura pequena – como nós temos uma horta biológica há sempre algumas cenouras meio enjeitadas e são essas que uso para estes fins;
6- Um pouco de funcho;
7- Água;
8- Um cálice pequeno de whisky.

Depois enquanto comi o meu fantástico arroz deixei tudo isto cozer lentamente em lume muitíssimo brando durante mais ou menos uma hora.

Deixei arrefecer e guardei na caixa (que deverá ter indicação de que é apropriada para congelar).
Quando me faltar o tempo para fazer de raíz algum prato de peixe bem apurado, a minha solução está, como num passo de mágica, dentro do meu congelador!

— por equipa UltraFeminina

equipa.ultrafeminina@gmail.com

Seguir a UltraFeminina

Gostou? Partilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Em destaque

Artigos relacionados

O AMOR

Não é porque nos aproximamos do Natal que este tema deve ser debatido aqui no pasquim das Ultras. É sim, porque nos parece pertinente para